RECORDE MUNDIAL…

Ontem fui até Curitiba, como convidado do Clube Curitibano (através do Sr. Bernando Ramina), para nadar a Copa Mercosul de Masters e fazer uma tentativa de recorde mundial nos 100 peito.

Aliás, vale a pena ressaltar antes de mais nada, que fui muito bem recebido pelo Sr. Bernardo e pelo Clube Curitibano.

Mas prosseguindo…

Como a prova de 100 peito fora realizada na parte da manhã de sábado (e eu pude apenas chegar em Curitiba na parte da tarde), os organizadores do evento abriram para mim, antes do início dos revezamentos, uma tentativa de quebra de recorde mundial.

Foi muito bacana!

A competição deu uma pausa, a tentativa foi anunciada, e eu pude nadar com o incentivo de centenas de pessoas que estavam presentes na competição! Além da participação de umas 50 crianças (de várias idades) que nadam e treinam no Clube Curitibano.

E eu acho que não decepcionei os espectadores e quebrei o Recorde Mundial Master da categoria 30-34!

O recorde anterior pertencia ao Japonês Ryosuke Imai, com o tempo de 1.04.08.

Eu nadei ontem para 1.02.90, estabelecendo uma nova marca mundial.

O problema é na próxima categoria (35-39)… O recorde é 1.02.72… Nada fácil para essa idade! hehehe…

Foi uma sensação bem singular e emocionante, afinal natação Master é coisa séria, e o pessoal vibrou muito.

Gosto muito de participar de eventos desse tipo, pois podemos ver coisas muito bacanas. Podemos presenciar uma força de vontade enorme nos competidores, um comprometimento ímpar, uma enorme dedicação!

Nadadores com mais de 60, 70, 80, e as vezes 90 anos, nadando e competindo, mantendo-se em forma e saudáveis… felizes! É realmente muito bonito.

Existem até aqueles Masters que além de chegarem competitivos com uma certa idade, ainda o fazem ignorando algumas deficiências físicas, e competem de igual para igual com os outros nadadores… É, sem dúvida, de tirar o chapéu!

As crianças também deram um grande brilho ao evento! Torcendo muito pelo meu resultado, e posteriormente me bombardeando com pedidos de autógrafos e fotos. Muito divertido!

Meu amigo e companheiro de FIAT/MINAS, Diogo Yabe (mesma faixa etária que eu), também estava presente e estabeleceu novo recorde mundial para os 200 medley com 2.03.?? Parabéns Diogão!

Algumas pessoas filmaram a prova. Vou pegar o vídeo com alguém e assim que possível posto as imagens aqui no blog.

Mais uma vez, gostaria de agradecer o Clube Curitibano pela excelente organização do evento e pelo convite.

UM ABRAÇO!

FISCHER.

About Eduardo Fischer

Eduardo Fischer é catarinense e natural de Joinville. Ex-Atleta Olímpico de natação da seleção brasileira e medalha de bronze no Mundial de Moscou, Fischer defendeu o país em dois Jogos Olímpicos (Sydney/2000 e Atenas/2004), 6 Campeonatos Mundiais e 1 Pan-Americano (Prata e Bronze). Bacharel em Direito e Advogado pela OAB/SC, Eduardo é especialista em Direito Empresarial pela PUC/PR e em Direito Tributário pela LFG/SP. Atualmente aposentado das piscinas, trabalha com Consultoria Tributária em um respeitado escritório de Advocacia (CMMR Advogados).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *