DESCLASSIFICAÇÕES NO OPEN…!!!

Hoje foi a minha vez… 🙁

Digo “vez” porque parece que a arbitragem está escolhendo, sem critério algum, todos os peitistas para desclassificar… e cada prova cai um ou dois…

Ontem foi o Henrique, o França e o Allan…

O argumento (fraco e errôneo) é o mesmo…golfinhada antes da braçada.

O que acontece é o seguinte:


“Quando a FINA aprovou a mudança da regra do nado peito em 2005 ela estava confusa. A inclusão da pernada de borboleta na parte submersa das viradas e saídas foi uma vitória dos europeus contra os americanos que recusavam a mudança. A FINA não demorou muito para ver que a regra estava causando confusão e foi em 2006 quando foi adicionada um termo de esclarecimento da regra. Este esclarecimento determinava que a tal pernada de borboleta submersa teria de ser executada após a braçada”.

“A regra determina que o nado peito tem uma seqüência. Isto é claro, braçada seguida de pernada. Entretanto, não está especificado que a pernada tenha de ser após o final da braçada. Pode ser durante, no meio e até no final. É uma questão de opção”.

“A nova determinação é de que qualquer movimento, abertura de mãos, movimento para baixo, qualquer movimento da braçada já determina a autorização para a execução da pernada”.

Quem revolucionou tudo isso foi o melhor nadador de peito do mundo, Kosuke Kitajima. Ele e seus técnicos perceberam que a regra permitia que a golfinhada fosse dada em qualquer momento após o início da braçada na filipina. E perceberam também, que esse melhor momento era extamente após o início da filipina, ou seja, na varredura para fora.

Como nós, brasileiros, não queremos ficar para trás, copiamos o grande Kitajima, pois seu movimento é o mais propulsor e eficiente, além de ser 100% legal!

Desta forma, os árbitros de Santa Catarina estão ERRADOS!!!

Vejam o vídeo abaixo, do recorde mundial dos 200 peito em piscina longa, batido pelo Kitajima. Observem TODAS as suas viradas! Sua filipina é “quase” ilegal, eu disse “quase”, portanto, DE ACORDO COM A REGRA! Ele antes da golfinhada inicia levemente e rapidamente sua braçada! Tornando seus movimengtos lícitos!

Por que nós Brasileiros temos que fazer um movimento menos eficiente que o Kitajima? Pois os árbitros não estão preparados para isso? Falho, muito FALHO!

Abraços!

FISCHER.

About Eduardo Fischer

Eduardo Fischer é catarinense e natural de Joinville. Ex-Atleta Olímpico de natação da seleção brasileira e medalha de bronze no Mundial de Moscou, Fischer defendeu o país em dois Jogos Olímpicos (Sydney/2000 e Atenas/2004), 6 Campeonatos Mundiais e 1 Pan-Americano (Prata e Bronze). Bacharel em Direito e Advogado pela OAB/SC, Eduardo é especialista em Direito Empresarial pela PUC/PR e em Direito Tributário pela LFG/SP. Atualmente aposentado das piscinas, trabalha com Consultoria Tributária em um respeitado escritório de Advocacia (CMMR Advogados).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *