A FARSA: Chapter 3!

Conseguiu enganar MUITA gente… Inclusive EU!

Cheguei a comprar, muito tempo atrás, a pulseira:
“LIVE STRONG”… Isso mesmo, viva forte e dopado!

Inacreditável o que as pessoas podem fazer pelo dinheiro e pela fama…

FISCHER (extremamente desiludido).
________

O ciclista norte-americano Lance Armstrong confessará no próximo dia 17 ter feito uso de substâncias ilegais e se dopado, diz a imprensa dos Estados Unidos.

Armstrong, que perdeu os sete títulos conquistados na Volta da França depois de ter sido pego no exame antidoping, quebrará o silêncio em uma entrevista à apresentadora Oprah Winfrey. E, de acordo com a jornal americano USA Today, o ciclista admitirá ter se dopado, mas não entrará em detalhes de datas e competições.

O canal de televisão da apresentadora anunciou nesta terça-feira (8) que a entrevista será exibida no dia 17 de janeiro. Será a primeira vez que ex-atleta se pronunciará formalmente desde que ele foi banido das competições.

“Armstrong irá abordar o escândalo de doping e acusações de ter mentido durante anos sobre o uso de drogas que ajudam no desempenho como atleta”, disse a rede de TV em um comunicado.

Antes mesmo do anuncio da participação na entrevista a Oprah Winfrey, o jornal americano New York Times afirmou que Armstrong, de 41 anos, disse a amigos e autoridades antidoping que poderia confessar com a esperança de convencer as autoridades a permitir que ele volte a competir em eventos esportivos que aderem ao Código Mundial Antidoping, pelo qual Armstrong está atualmente sujeito a uma punição vitalícia.

Tal admissão seria uma mudança dramática de postura de Armstrong, que tem negado veementemente o doping durante anos.

Um relatório da Usada de 10 de outubro criticou o envolvimento de Armstrong no que chamou do “programa de doping mais sofisticado, profissional e bem-sucedido que o esporte já viu.”

Menos de duas semanas depois, as sete vitórias de Armstrong no Tour de France foram anuladas e ele foi banido do ciclismo para o resto da vida, depois que a União Internacional do Ciclismo ratificou as sanções da Usada contra ele.

Fonte: UOL

About Eduardo Fischer

Eduardo Fischer é catarinense e natural de Joinville. Ex-Atleta Olímpico de natação da seleção brasileira e medalha de bronze no Mundial de Moscou, Fischer defendeu o país em dois Jogos Olímpicos (Sydney/2000 e Atenas/2004), 6 Campeonatos Mundiais e 1 Pan-Americano (Prata e Bronze). Bacharel em Direito e Advogado pela OAB/SC, Eduardo é especialista em Direito Empresarial pela PUC/PR e em Direito Tributário pela LFG/SP. Atualmente aposentado das piscinas, trabalha com Consultoria Tributária em um respeitado escritório de Advocacia (CMMR Advogados).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *