IMPACTO DOS TRAJES NO MARIA LENK…

Olá!

Muito vem se falando sobre os trajes…

Creio que tudo que tinha que ser dito, já foi mencionado… eu mesmo já dei minha opinião algumas vezes aqui no blog e não vou estender-me muito nessa seara…

Quero apenas deixar meu entender sobre um aspecto…

Para o Mundial de Roma, vamos ter 4 seletivas, certo?!

Três já foram realizadas (Jogos Olímpicos, Finkel e Open), todas no ano passado. E temos agora a última no Maria Lenke.

O problema é o seguinte:

1. Todas essas foram realizadas SEM RESTRIÇÃO ALGUMA quanto ao tipo de traje;

2. As mesmas seletivas realizadas, NÃO TIVERAM NENHUMA RESTRIÇÃO quanto a utilização de dois ou três trajes;

3. Seguindo o princípio da igualdade, a última seletiva, NÃO DEVE TER RESTRIÇÃO DE FORMATO ALGUM quanto ao tipo de traje e/ou quantidade de trajes;

4. Caso exista restrição, a CBDA estará indo contra um princípio de igualdade, irá cercear o direito de um atleta competir de igual para igual contra seu adversário, que em seletivas prévias, pode, sem ressalva, nadar com qualquer traje e com quantos quisesse;

5. Dessa forma, todos os trajes devem ser liberados para a última seletiva do Mundial de Roma: MARIA LENK.

Falo por mim mesmo…

Quero, e vou, usar trajes novos, e em duplicidade. E que ninguém me venha falar sobre moral, pois todos os nadadores do Brasil puderam usar dois trajes nas outras seletivas. Vou fazer todo o possível para tentar minha vaga para o Mundial. Igualmente aos meus adversários.

Não estou dizendo que isso irá me colocar na seleção, mas pode me ajudar muito!

Quero apenas ter as mesmas condições que todos tiveram em outras seletivas…

UM ABRAÇO!

FISCHER.

About Eduardo Fischer

Eduardo Fischer é catarinense e natural de Joinville. Ex-Atleta Olímpico de natação da seleção brasileira e medalha de bronze no Mundial de Moscou, Fischer defendeu o país em dois Jogos Olímpicos (Sydney/2000 e Atenas/2004), 6 Campeonatos Mundiais e 1 Pan-Americano (Prata e Bronze). Bacharel em Direito e Advogado pela OAB/SC, Eduardo é especialista em Direito Empresarial pela PUC/PR e em Direito Tributário pela LFG/SP. Atualmente aposentado das piscinas, trabalha com Consultoria Tributária em um respeitado escritório de Advocacia (CMMR Advogados).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *