BLOG COM CONTEÚDO! CONFIRA!

Daniel Takata é um dos maiores estudiosos da natação brasileira!

É o famoso “viciado” em natação! Ele é o “sabe-tudo” das piscinas brasileiras e internacionais! E olha que sabe de tudo mesmo!

Recentemente ele voltou a escrever em seu blog.

Sempre com matérias interessantes, conteúdo de primeira e informações relevantes!

Vale muito a pena conferir!

http://raia-quatro-blog.zip.net/

Um GRANDE abraço ao amigo Takata!

FISCHER.

p.s.: tem um post dele, de 2006, que eu acho SUPERINTERESSANTE:

Os Sete Mandamentos da velocidade:

“Velocidade é o que há de mais importante na natação. No final das contas, é disso que a natação trata. É isso que todos tentamos alcançar” – Gennady Touretski (ex-técnico de Alexander Popov, Michael Klim e Matthew Dunn)


1. Treine rápido para ser rápido:

Treine da maneira que você quer competir e incluia sempre o desenvolvimento de sua velocidade nos treinamentos, independente do ciclo de treinamento.

2. Quando mais rápido você deseja nadar, mais relaxado você deve estar:
A única diferença de nadar devagar e nadar rápido é a velocidade. Velocidade não tem nada a ver com cerrar seus dentes, tensionar seus músculos ou gritar antes da prova, e sim com relaxamento.

3. Apenas velocidade é velocidade:
90% de seu melhor não é rápido. 95% de seu melhor não é rápido. Apenas 100% de seu melhor é rápido. Você não vai nadar mais rápido fazendo seus treinamentos de velocidade apenas próximo à sua velocidade máxima. Você só ficará mais rápido treinando mais rápido do que você jamais treinou antes.

4. Pense rápido para nadar rápido:
Se prepare mentalmente para os treinos de velocidade pensando em velocidade. Concentre-se em palavras que têm a ver com velocidade para você, tais como “explosão”, “potência”, etc.

5. Pratique velocidade de ponta a ponta:

Os nadadores mais rápidos do mundo normalmente alcançam a velocidade máxima antes de seus oponentes. Em outras palavras, a aceleração tem importância fundamental. Eles também têm grandes velocidades no final da prova e com isso nadam mais rápido que a concorrência nos últimos metros. Se você está treinando velocidade, trabalhe desde a saída até a chegada – velocidade máxima na saída e na chegada.

6. Concentre-se na qualidade, e não na quantidade:
O obletivo dos treinos de velocidade é desenvolver velocidade. Aumentar o número de repetições para alcançar um aumento de volume em detrimento à qualidade (velocidade) vai apenas desenvolver a habilidade de nadar devagar com mais freqüência.

7. Desenvolva sua habilidade, mantenha a técnica e seja honesto no treinamento de velocidade:
Nadar rápido não significa desprezar esses itens. Não queime a saída, faça as viradas e chegadas corretamente.

(Retirado da revista Swimming World de maio de 2006)

About Eduardo Fischer

Eduardo Fischer é catarinense e natural de Joinville. Ex-Atleta Olímpico de natação da seleção brasileira e medalha de bronze no Mundial de Moscou, Fischer defendeu o país em dois Jogos Olímpicos (Sydney/2000 e Atenas/2004), 6 Campeonatos Mundiais e 1 Pan-Americano (Prata e Bronze). Bacharel em Direito e Advogado pela OAB/SC, Eduardo é especialista em Direito Empresarial pela PUC/PR e em Direito Tributário pela LFG/SP. Atualmente aposentado das piscinas, trabalha com Consultoria Tributária em um respeitado escritório de Advocacia (CMMR Advogados).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *