LUZ AO FIM DO TÚNEL!!!

Amigos….

Quando deparamo-nos com uma barreira ou uma dificuldade, sabemos que se tentarmos com afinco, seremos bem sucedidos!

Mas sempre sobre um restinho de dúvida sobre nossa capacidade em vencer adversidades…

Sem dúvida, o índice olímpico é um objetivo e uma barreira a ser transposta…

Sei que posso, mas as vezes resta uma incerteza no ar…

Hoje, nadando o revezamento despreocupado e sem pressão nenhuma, fiz um parcial de 1.01.48! Tempo que seria índice olímpico caso feito em prova individual…Claro que no revezamento temos que levar em consideração a saída lançada que diminui em torno de 0.5 segundo o tempo final….Mas só o fato de fazer o tempo menor que o índice no revezamento, me dá a certeza que eu posso fazer o mesmo tempo em uma prova individual…isso me deixa MUITO ANIMADO para o ano que vem!

Além disso, não me lembro de ter feito um tempo em revezamento que não tivesse feito melhor em prova individual posteriormente…

Então: EXISTE UM GRANDE LUZ AO FIM DO TÚNEL SIM!!!

Agora, é só TREINAR!!!

Abraço!

FISCHER.

About Eduardo Fischer

Eduardo Fischer é catarinense e natural de Joinville. Ex-Atleta Olímpico de natação da seleção brasileira e medalha de bronze no Mundial de Moscou, Fischer defendeu o país em dois Jogos Olímpicos (Sydney/2000 e Atenas/2004), 6 Campeonatos Mundiais e 1 Pan-Americano (Prata e Bronze). Bacharel em Direito e Advogado pela OAB/SC, Eduardo é especialista em Direito Empresarial pela PUC/PR e em Direito Tributário pela LFG/SP. Atualmente aposentado das piscinas, trabalha com Consultoria Tributária em um respeitado escritório de Advocacia (CMMR Advogados).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *